Sábado, 20 de Julho de 2024
32°

Tempo limpo

Teresina, PI

Política POLITICA

'Procuradoria tem tese bem definida', diz Rafael sobre litígio; perícia do exército deve sair nesta sexta

O governador Rafael Fonteles se pronunciou sobre a expectativa pela conclusão da perícia feita pelo Exército Brasileiro.

28/06/2024 às 12h58
Por: Romário Júnior Fonte: CIDADE VERDE
Compartilhe:
'Procuradoria tem tese bem definida', diz Rafael sobre litígio; perícia do exército deve sair nesta sexta

O governador Rafael Fonteles se pronunciou sobre a expectativa pela conclusão da perícia feita pelo Exército Brasileiro. O documento, que será entregue nesta sexta-feira (28), é aguardado com grande interesse por ambas as partes envolvidas no conflito territorial entre Piauí e Ceará, que será decidido pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Durante a coletiva de imprensa, governador expressou confiança na solidez e clareza da argumentação jurídica que a Procuradoria apresentou na ação protocolada no STF e que tem a ministra Carmen Lúcia como relatora. 

Ele disse acreditar que a tese defendida pela Procuradoria é bem fundamentada e robusta.

"Eu evito comentar questões que estão no âmbito do Judiciário, mas obviamente que é a nossa Procuradoria que representa o Estado muito mais do que o governo, tem a sua tese muito bem definida na ação que foi protocolada no Supremo", afirmou. 

Rafael Fonteles seguiu pontuando, porém, que aguarda a análise do Exército. 

"O documento produzido pelo Exército Brasileiro é um documento muito importante para a decisão final por parte do Judiciário Brasileiro. Então, vamos aguardar", declarou Rafael.

Caso a decisão seja favorável ao Piauí, pelo menos 25 mil cearenses serão impactados com a nova delimintação territorial na região. 

A área em litígio tem aproximadamente 2,8 mil quilômetros quadrados na região da chamada Serra da Ibiapaba - na divisa entre Piauí e Ceará.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.