Sábado, 20 de Julho de 2024
32°

Tempo limpo

Teresina, PI

Polícia PRISÃO

Draco prende ‘Reginho’, apontado como um dos líderes do Comando Vermelho em Teresina

Na ação, deflagrada na manhã desta quarta (26), os policiais também apreenderam armas

26/06/2024 às 10h09
Por: Renan Silva Fonte: A10 MAIS
Compartilhe:
Draco prende ‘Reginho’, apontado como um dos líderes do Comando Vermelho em Teresina

O Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) prendeu

 um dos líderes do Comando Vermelho durante operação deflagrada na manhã desta quarta-feira (26), na zona Norte de Teresina.

Trata-se de Reginho, que segundo o delegado Charles Pessoa, ele comandaria o núcleo familiar que faria parte dessa organização criminosa. "Houve um racha interno na célula de uma facção criminosa, dentro do Maranhão, alguns saíram e migraram para o Comando Vermelho. Esta célula era comandada pelo Reginho e contava com os dois filhos. Hoje também foi preso um sobrinho", disse o delegado.

O delegado explicou que em outras ações contra os alvos, foi apreendido um fuzil e, posteriormente, um dos filhos de Reginho foi preso. Uma grande quantidade de droga que seria do líder da facção criminosa também foi apreendida, recentemente, pela Polícia Militar.

"40 kg de pasta base pertencia a esse núcleo familiar coordenado pelo Reginho e foi apreendido aqui na região. Então, é perceptível a influência desse grupo dentro da criminalidade", afirmou o delegado.

Durante a prisão, Reginho se manifestou e disse que o dinheiro encontrado pela polícia seria de direitos trabalhistas recebidos de quando atuava como mecânico em uma empresa.

Ele foi encaminhado para a sede do Draco com o material apreendido.

Operação

O Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) deflagrou, na manhã desta quarta-feira (26), a operação Draco 133, com o objetivo de dar cumprimento a 19 mandados de busca e apreensão e mais de 10 mandados de prisão.

A ação aconteceu em Teresina, nos bairros Mafrense, Parque Brasil, Memorare, Nova Brasília e Centro; na zona rural de Timon e na cidade de Ilha Grande, no litoral do Estado.

A operação contou com o apoio da Polícia Civil de Timon, Batalhão de Operações Aéreas da Polícia Militar e Guarda Municipal de Teresina.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.